Entrevistas

Adilson Souza

Estreando o nosso novo site, Adilson Souza contribui com um bate-papo e nos fala sobre a EstAção RH, sobre sua trajetória profissional, e também algumas curiosidades sobre sua vida pessoal.

Resumo profissional
Sou formado em Economia com um mestrado em Psicologia. Esquisito, não? Muito! Depois de algum tempo percebi que essa trajetória de formação geraria o meu/nosso maior diferencial, talvez o único! Mas ainda acredito que minha formação sempre veio acompanhada de dois ingredientes essenciais: curiosidade e paixão. O primeiro ingrediente me fez descobrir e aprender coisas novas, e a paixão me permitiu transformar meus talentos (que não são muitos) em competências determinantes para o exercício de minha atividade tanto como consultor, quanto como empresário e docente.

Atividade atual
Sócio-diretor da EstAção RH

Qual sua visão do mundo empresarial atual?
Acredito que vivemos em um mundo competitivo e próspero, e que há mercado para todo tido de pessoa e empresa, e nós, naturalmente, atraímos e somos atraídos por empresa que geralmente compartilham de valores semelhantes aos nossos, o que também propiciará um relacionamento de curto, médio ou longo prazo.

Qual o Papel da Gestão de Pessoas hoje?
"Simplesmente" conduzir as pessoas a alcançarem o seu pleno potencial, mesmo que isso posso implicar em "perda" de talentos, seja ela, para outras áreas ou empresas. Eu particularmente acredito que o potencial é atingido em sua plenitude quando esse ser profissional se realiza com aquilo que realiza!

E a Influência do trabalho da Gestão de Pessoas hoje para o futuro organizacional, como você a enxerga?
Alinhar competências das organizações com as competências das pessoas.

O que você entende ser o diferencial no mundo corporativo hoje? E qual a tendência para manter esse diferencial?
Resultados e relacionamentos. Resultados porque indicam um fator de sustentação e prosperidade, e relacionamentos porque permitem a criação de confiança e comprometimento para entrega de resultados para as partes envolvidas. Em relação à tendência, não sei ao certo, mas venho percebendo que a fidelidade nos relacionamentos empresarias está fortemente relacionada com a confiança, pois, se confio, posso me comprometer, e então procuro entregar os melhores resultados. É meio que círculo virtuoso.

No que a EstAção RH busca contribuir, efetivamente, para as empresas às quais oferece seus serviços?
Primeiramente temos o cuidado para identificar as principais características e valores presentes em nossos Clientes. Depois, procuramos potencializar essas forças em favor do crescimento da empresa. Após essa personalização, oferecemos nossa expertise em prol dos objetivos organizacionais, inclusive aqueles nos quais o Cliente muitas vezes não consegue ter clareza, ou mesmo direção.

Pode citar exemplos?
Sim. Temos clientes com potencial para ter uma alcance global, e muitas vezes eles possuem apenas um visão local, e, quando ampliamos essa visão, a abrangência e evolução para a empresa torna-se, na maioria das vezes, além de viável, possível de ser realizada no médio prazo e, às vezes, no curto prazo.

Como a EstAção RH evoluiu até hoje nesses 10 anos de atuação e quais suas perspectivas para os próximos 10 anos?
Fizemos uma escolha para crescer de uma forma estruturada, o que naturalmente condiz com um processo de crescimento lento e gradual. Tal escolha permite uma condição sustentável para a próxima década, no entanto, com alguns diferenciais e preparados para crescer de uma forma exponencial. Os primeiros 10 anos nos permitiram conhecimento e amadurecimento e com isso acreditamos que criamos a condição necessária e ideal para um crescimento sustentável.

Por fim, qual sua percepção sobre a contribuição que seu trabalho e o da EstAçãoRH fornece ao mundo de hoje e às comunidades onde atua?
No que diz respeito a minha contribuição acredito que seja uma visão holística sobre atuação do ser humano no contexto mais amplo da vida, inclusive no que diz respeito à questão profissional, mas certamente passando por outras áreas importantes e fundamentais, tais como saúde, família, lazer, espiritualidade, finanças e outras. Já no que diz respeito à EstAção RH acredito que seja a visão sistêmica e planejamento alinhado as estratégicas de desenvolvimento, inclusive no que diz respeito a pessoas e resultados. As empresas são fontes de prosperidade e riquezas e são capazes de gerarem contribuições sociais (empregos) e benfeitorias ao contexto nas quais estão inseridas, e a EstAção RH reunirá competências para somar e multiplicar essas riquezas...