House M.D.

House M.D.

  • Slideimage1

O seriado House é um dos apresenta maior sucesso de audiência atualmente. E não é por menos. A série trata do cotidiano da equipe de um médico (Dr. House) que é gênio em resolver os casos mais complexos de doenças, mas é péssimo no relacionamento interpessoal - ou, ao menos, foge ao que o senso comum considera ser um bom relacionamento. E, já aqui, temos o primeiro tema que vale um olhar crítico sobre a trama. Quanto o bom relacionamento entre as pessoas de um grupo interfere no seu bom desempenho? A resposta para essa pergunta pode ser generalizada, ou o grau de interferência sofre influência das personalidades que compõem esse grupo e da sua identidade como um todo? O bom desempenho de um grupo independente da qualidade de relacionamento entre seus integrantes pode ser perene?

E quando falamos em resultados? Não há como se negar que hoje qualquer ação dentro de uma organização tem seu foco na obtenção de resultados. Eles devem ser planejados e mensurados, para medir a eficácia de cada ação. O seriado, dentro deste estímulo, acaba sendo ainda mais intrigante e até ousado. No ramo da saúde, a obtenção de bons resultados parece ter uma importância mais clara e relevante, pois uma falha pode custar a vida uma pessoa. Assim, essa premissa constitui abertura para que o comportamento das pessoas envolvidas possa ser relegado a um segundo plano? As atitudes podem ser ousadas, a ponto de ferir a ética para que os resultados sejam obtidos?

É, sim, extraordinário e especialmente provocativo para profissionais da Saúde, Business e interessados em Comportamento Humano, além de fantástico para observação de Liderança e formação de Equipes. Traz elementos importantes e fundamentais para observamos raciocínio, visão sistêmica e holística.

Recheado de aprendizado, em especial no que diz respeito a "sair da superfície". Indo além, um mergulho na busca e obsessão em solucionar problemas.

Aproveitem e divirtam-se!
Beijo no coração
Abraços.

Por: Adilson Souza (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.) e Bruno Mathias (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)