Blog

Blog

EstAção RH - 14 anos

É com muito orgulho que a EstAção RH comemora 14 anos!

A experiência e conhecimento que possuímos na área de gestão de pessoas e educação corporativa, nos posiciona como um diferenciado e destacado parceiro de negócio.

Parece fácil e estimulante quando lemos artigos que afirmam que o sucesso de nossa carreira está em nossas mãos!!!!!! Está?? Sim, está se nos atentarmos a aspectos importantes que envolvem nosso autoconhecimento e o propósito da empresa, isto é suas expectativas estão alinhadas com os projetos da empresa?

A Aventura de Viver a Vida!

No mundo empresarial/dos negócios os profissionais são cada vez mais desafiados a buscarem o auto desenvolvimento, a melhoria da qualidade e dos resultados, portanto essas vivências possibilitam o contato com as questões do dia-a-dia, tais como: motivação, novos territórios e descobertas, conquistas, decisões e superação.

A ESTAÇÃO SUPERAÇÃO CONTRIBUI PARA QUE AS PESSOAS ENTREM EM CONTATO COM SEUS TALENTOS E LIMITAÇÕES POR MEIO DA VIVÊNCIA E EXPERIÊNCIA E QUE POSSAM FAZER MELHOR USO DE SUAS COMPETENCIAS EM SUAS VIDAS PESSOAIS E PROFISSIONAIS.

Primeiramente tive que "envelhecer" algumas décadas para conseguir superar todos os desafios do caminho (subida). Tal "envelhecimento" me permitiu silenciar, calar, observar, focar em cada etapa (passo-a-passo), esvaziar a mente e me conectar com minhas potencialidades e com isso alcancei um pouquinho de sabedoria.

Me renovei (topo e descida), e após "envelhecer" me tornei mais jovem, com a garra, energia, foco e com um pouquinho de sabedoria para alcançar meu objetivos e metas (pessoais e profissionais).

Desafios nos assustam, nos motivam, nos forçam ao desenvolvimento e à auto superação.

Desde bebês encaramos os primeiros desafios como aprender a caminhar, falar, andar de bicicleta. Iniciamos a escola, damos o primeiro beijo, buscamos o primeiro emprego e, com nossas conquistas básicas, fortalecemos o nosso “EU” e criamos quem somos hoje.

Os líderes atuais estão de fato preparados para lidar com os novos talentos? E os novos talentos estão sabendo se posicionar de tal forma a serem percebidos por seus colegas e superiores por suas competências? Eis aqui dois questionamentos que, ao meu ver, são, além de atuais, desafiadores para ambas as partes.

Se você for questionado: “É melhor ser proativo ou medíocre?”, certamente você responderá que a proatividade é melhor.

Mas como você está lendo este texto sozinho, pense bem, como está acontecendo hoje suas práticas profissionais?

Responda para você mesmo, não tente se enganar. Analise cada tarefa do dia a dia e anote no papel quais foram as últimas três mudanças que você aplicou em sua rotina.

É tempo de se falar em responsabilidade ambiental, não é mesmo?

Então, tenhamos uma árvore como exemplo de organização.

  • Tronco: é a empresa;
  • Galhos: são os diversos departamentos da empresa;
  • Folhas: são os clientes;
  • Flores: são novos clientes;
  • Frutos: é o lucro;
  • Seiva: o conhecimento;
  • Raízes: são as pessoas, seus colaboradores.

Certa vez, em meados de 2009, me foi perguntado por um aluno qual seria o futuro dos profissionais de Recursos Humanos.

Lembrei-me que este foi o primeiro tema escolhido para a Monografia que realizei um uma Pós Graduação concluída em 2003.

Como não era tão antigo, pensei em colher o texto e encaminhar ao aluno para que ele pudesse se aprofundar um pouco mais no assunto, caso fosse essa sua vontade.

Foi então que me dei conta de que a velocidade das mudanças é algo muito mais impressionante do que eu imaginava.

Hoje gostaria de falar sobre Seleção de Pessoas. Existe até um sub sistema de Recursos Humanos especializado para este fim, Recrutamento e Seleção.

Não sou formado em Psicologia e não quero aqui me estender a nenhuma técnica, seja simples ou avançada. Quero simplesmente falar de atitudes.

E, para falar sobre atitudes, vou deixar uma pergunta, no sentido de provocar uma reflexão.

Mas antes, para melhor visualização da questão, vamos criar uma situação:

Página 1 de 3